O que está faltando nos filmes do Batman?

Alerta, esse texto contém spoilers liberados em relação a trilogia do Batman de Christopher Nolan, que consiste de Batman Begins, The Dark Knight e The Dark Knight Rises. Qualquer outra aparição do Batman em qualquer mídia é território seguro para você, leitor.

E aí? Quem aí curte o Batman? Imagino que a maioria curta o Batman, já que é um dos heróis mais populares da atualidade. Então deixa eu refazer a pergunta, quem aí curte os filmes do Batman?

FilmesdoBatman

Ah, o Batman, exceto pelo Superman, não acho que tenha outro herói que tenha sido levado tantas vezes para o mundo do cinema (Bom, tem o Wolverine, contando os filmes solos e os do X-Men juntos, acho que ele conta) . No fim de março vai estrear Batman v. Superman, Dawn of Justice, que vai ser o nono longa-metragem do homem-morcego, onde Ben Affleck será o sexto ator a interpretar Bruce Wayne, e apesar de o Batman ser um herói foda pra caralho, e ter sido inúmeras vezes adaptado ao cinema, se eu tivesse que dizer que os filmes dele são bons, eu diria que só alguns são.

Vamos ver, eu pessoalmente, e isso é só minha opinião acho que o primeiro do Tim Burton é bom (apesar de ter as minhas críticas em diversos pontos), que o Batman Begins é bom, que The Dark Knight é foda.

TheDarkKnight
Mas digno da palavra “foda”, é só esse.

Temos o Batman & Robin que é excepcionalmente ruim, mas tão, tão ruim que funciona se você assistir em um grupo de amigos, fazendo um drinking game e querendo ver um filme de comédia e zoeira sem levar nada daquilo minimamente a sério.

Hockey
Batman e Robin podem bater nos capangas para recuperar o diamante ou jogar Hockey com eles. Esse filme parece mais uma grande paródia do Batman onde ninguém na produção está levando nada a sério.

E eu acho que isso é o mais próximo que esse filme deve ter recebido de um elogio nessa década. Mas tirando isso, o Batman Returns eu acho caricato de uma maneira zoada. O Dark Knight Rises precisava ter o roteiro revisto umas quatro vezes a mais antes de ter sido filmado, pois aquilo ali é mais vazado que uma peneira. Batman Forever tem os defeitos do Batman & Robin, mas eu não consigo rir da cretinice e do quão estúpido é. E o Batman do Adam West… bem, eu respeito o Adam West, mas é um filme ruim e imbecil.

Bomba
Apesar de nossas críticas, a versão do Adam West foi muito importante para o Batman de hoje ser o Batman de hoje. Só ver que o The Dark Knight Rises fez uma grande homenagem a um dos momentos mais icônicos do Adam West.

E também estou bem pouco confiante quanto ao fato de Batman v. Superman possa ser bom. Não confio no Zack Snyder, tenho muitas críticas quanto a Man of Steel e o trailer não me dá nenhuma vontade de ver. Eu espero estar errado, sou um bom fã da DC, e eu sinto muito mais prazer vendo um filme bom do que fazendo mimimi em um blog na internet, e se eu puder pagar a língua no cinema seria ótimo. Mas eu acho que vai ser ruim.

BenAffleckBatman

O ponto é, tem muito filme do Batman, mas eu sinto que exceto por The Dark Knight, o Batman ainda tem muito espaço para crescer nas telas de cinema. Apesar de estar indo para o seu nono filme, o morcegão em toda sua existência adquiriu todo um arsenal de material, temas e pontos de focos e os filmes raramente focam na maioria do que o herói tem a oferecer.

O Batman é a identidade criada por Bruce Wayne. Quando Bruce Wayne viu seus pais serem baleados e mortos em um beco na saída de um cinema por um assaltante, ele ficou traumatizado e com um desejo de impedir que esse tipo de injustiça ocorra de novo, de se vingar do homem que tirou seus pais (e de homens iguais a ele), e de mudar a cidade com uma taxa enorme de crimes que permitiu que esse crime aconteça. Por isso após um longo treinamento ele criou essa fantasia de morcego, com o objetivo de tirar vantagem da superstição e de lendas urbanas para por medo nos criminosos. Com a chegada do Batman, os criminosos comuns e a máfia começaram a perder seu poder, para outros criminosos, a maioria deles com sérios problemas psicológicos, que seguiam o mesmo estilo de teatricalidade que o Batman começaram a surgir e Gotham City genuinamente mudou e se tornou um lar para esse tipo de criminoso. Porém ao mesmo tempo, o Batman inspirou diversos outros civis a também fazerem algo quanto aos criminosos da cidade, e começou uma onda de vigilantes fantasiados em Gotham City. A cidade se tornou palco de inúmeras batalhas entre criminosos fantasiados e justiceiros fantasiados, e Batman diversas vezes já foi questionado se isso é uma coisa boa, se pode-se dizer que ele trouxe gente como o Joker para Gotham, e se a cidade de fato melhorou com ele. Ao mesmo tempo em que ele tem uma luta interna para nunca quebrar seus códigos éticos pessoais que são a única coisa que o separam dos vilões que ele enfrenta.

Batman

Claro que ele já passou nas mãos de inúmeros autores, releituras, reimaginações, explorou diversos gêneros narrativos e muitas vezes se contradisse, mas hoje em dia, isso aí foi meio que o ficou para o legado dele e a imagem que suas diversas histórias construiram dele.

Mas enfim, isso é boa parte da essência do que torna o Batman interessante. E basicamente os únicos filmes que trabalham de verdade esses assuntos foram os da trilogia do Christopher Nolan. Embora eu não goste do fim da trilogia, ela é fantástica em termos de passar para o cinema o que é o conceito do Batman.

AlfredBruceWayne
“Você cruzou os limites primeiro, senhor. Você os pressionou a um ponto onde eles ficaram desesperados, e o desespero fez com que confiassem em um homem que eles não compreendiam.”

Sério, mostra bem o peso do trauma de perder os pais e o treinamento que transformou uma criancinha rica no maior detetive do mundo. Mostra a transição de uma Gotham City corrupta pela máfia para uma Gotham City corrupta por supervilões. Mostra os conflitos internos e os códigos morais do Batman. Mostra seu papel como um símbolo de Gotham e mostra ele inspirando os outros a fazerem algo. A única coisa que o filme não mostra, são os aliados do Batman.

Batfamily
Algum deles está no filme? Não, só o Batman.

Ah, quer dizer, mostra o Alfred, o Gordon que ajudam o Batman, e até promovem Lucius Fox para um papel muito maior do que o que ele tinha antes dos filmes saírem, mas eles são pessoas que em suas profissões fazem seus papeis para a vida ser mais fácil pro Batman, não mostra realmente alguém que tenha tomado sua inspiração para lutar lado a lado com Bruce Wayne imitando-o e fazendo o que ele faz.

LuciusFox
Lucius Fox inclusive ganhou uma importância muito maior do que ele costuma receber em outras mídias.

Só que mesmo não tendo nenhum parceiro pro Batman, os filmes deixam muito óbvio que muitos outros se inspiram no Batman e querem colocar roupas de morcego e combater o crime também, e nos mostra um pseudo-Robin chamado John Blake, que nunca realmente veste o manto de um Robin. Mas é um pseudo-Robin em todos os sentidos, e eu acho que depois de tantas adaptações, já está na hora de termos um Robin de verdade nos filmes, não um cara que chama Robin como nome próprio e é parceiro do Gordon o filme inteiro. Mas sim um jovem protegido do Batman.

FalsoBatman
Jovens que se vestiram de Batman para ir combater o crime e agora estão levando uma bronca do original por imitarem ele.

Sim, exatamente, estamos em 2016, indo para o sexto ator a fazer o Batman para o cinema, e ainda não tivemos uma boa adaptação do Robin. Não só isso, como o Batman não trabalha sozinho em seus quadrinhos de origem já tem mais ou menos 70 anos, então porque nossos filmes insistem em focar no fato de que não tem ninguém para acompanhá-lo? Não é só o Robin, como a Batgirl também e todo o conceito de bat-família que vem com isso.

John Blake não virou o Robin, ele virou o sucessor do Batman quando o Batman se foi. Gotham continuou uma cidade de um herói só e o Bruce Wayne do Nolan foi solitário até o final, no máximo se aliando com a Catwoman na batalha final. Os grandes exemplos de bat-família e dos maiores aliados do Batman no universo live-action são isso:

BatfamiliaAdamWest
Oh, os anos 60 e seus tempos sem seriedade. Vamos zoá-los para sempre por isso.

E isso:

BatFamiliaSchumacher
Nossa, mas isso é ruim demais! Queima isso! Queima isso!

E todos sabemos a reputação que essas obras têm entre os fãs e o quanto são levados a sério.

A pergunta que temos que fazer é… isso é só nos filmes? O Batman é um herói tão multimídia que será que introduzir esses personagens que só fazem sentido para o fã de quadrinho não aliena o público normal que não lê os quadrinhos?

E minha resposta é… não nesse caso!

Porra, se você sair do espectro dos filmes live-action do morcegão, a bat-família está por todos os lados.

Está na Animated Series, que é até hoje considerado uma das melhores animações do Batman. Não só mostrava o Batman ao lado do Robin e da Batgirl, como mostra o Dick Grayson deixando de usar o manto do Robin para usar o do Asa Noturna. E mostrou Tim Drake subsituindo Dick Grayson como o Robin.

BatFamiliaAnimatedSeries

Está nos jogos da franquia Arkham. Se em Arkham City existe muito pouco da bat-família, sendo resumida basicamente na Barbara Gordon atuando como a Oracle. Na sequência Arkham City, é possível controlar Robin e Nightwing fora da história do jogo. E em Arkham Knight, você pode controlar Nightwing dentro da história do jogo, além de outro membro da bat-família que tem uma participação forte no jogo, mas que eu não vou mencionar pelo bem do spoiler.

BatFamiliaArkham

Está nos filmes animados da DC que saem direto pra DVD todo ano. Já tivemos um filme somente sobre a morte do segundo Robin, Jason Todd e sua transformação em Red Hood. Tivemos dois filmes sobre Damian Wayne sendo o quarto Robin, e no começo desse ano saiu um filme chamado Batman: Bad Blood, onde os obscuros Batwoman e Batwing se aliam a Bruce Wayne para enfrentar Ra’s Al Ghul.

SDMusicVampire_KEYART_R1.indd

Está até nos jogos de Lego, cujo público-alvo é jovem demais para realmente pirar nos quadrinhos sombrios atuais do Batman, mostrando que o problema não é a falta de familiaridade do público.

LegoBatman

O Nightwing tem até a própria montanha-russa, mas ainda não tem um único ator live-action que tenha interpretado o personagem em uma fase onde filmes de super-heróis estão em alta. Não é como se o personagem não existisse faz 30 anos.

NightwingRollerCoaster

Nessas horas nós pensamos, o que a Marvel faria? A Marvel faz o oposto disso, todo personagem menor que eles conseguirem enfiar em um singelo cameo nos filmes, é bem-vindo e faz o público vibrar. Se os ajudantes do Batman ficam de escanteio, tanto o Bucky quanto o Falcon tem seu destaque nos filmes do Captain América, assim como o War Machine nos filmes do Iron Man. E a Marvel é a empresa que está dominando completamente esse mercado dos cinemas.

CaptainAmerica
E olha só, os dois vão aparecer nesse grande blockbuster de 2016. Puxa vida.

Enfim, está circulando na internet já tem um bom tempo, uma teoria sobre o Joker que aparece no Suicide Squad ser na verdade o Jason Todd, também conhecido como “aquele Robin que morreu”, em uma nova identidade, fazendo uma ponta com o fato de sua morte ser indiretamente mencionada no trailer de Batman v. Superman. Eu não acredito que seja verdade, considerando o que vi nos trailers, mas o fato dessa teoria ter circulado bem, mostra que tem um desejo de ver esses personagens extras do Batman dando as caras nessa onda que estão sendo os filmes de super-herói.

CoringaJasonTodd
Parte da teoria se sustenta no Joker ter cicatrizes no mesmo ponto onde a roupa de Jason Todd teria marcas de um ataque.

Agora curioso é que o mesmo não ocorre com os vilões. O Batman é possivelmente o super-herói com a galeria de vilões mais famosa, e os filmes da DC fazem questão de expor os vilões sempre que possível. Temos quatro filmes com o Joker (embora um não seja do Batman e ainda não tenha estreado). Três com a Catwoman (embora só em dois ela tenha sido uma vilã). Dois com o Penguin. Dois com o Riddler. Dois com o Bane. Dois com o Two-Face. Um com o Scarecrow. Um com o Mr. Freeze. Um com a Poison Ivy. Um com Ra’s Al Ghul. Um com Thalia Al Ghul. Harley Quinn ganhará sua primeira aparição nas telas grandes em breve como uma protagonista (mas não uma heroína), em um filme sem o Batman, e Killer Croc, também um vilão clássico do morcego, estará no mesmo filme como um aliado de Quinn.

RoguesGallery
Dessa imagem, 14 já foram adaptados para os filmes do Batman e 6 não foram. Imagem desenhada por Phil Cho.
BatFamilia
Já dessa imagem, 4 já foram adaptados para os filmes e 8 não foram. Imagem também desenhada por Phil Cho.

Honestamente? Se pegar os vilões mais famosos do Batman, acho que são só dois ou três que ainda estão fora do jogo, até chegar o momento de pegar os vilões do lado-b. Eu diria que falta o Mad Hatter, o Clayface e pronto, já começamos a lidar com os obscuros

A série de TV Gotham, está fazendo sucesso na televisão nos mostrando um monte de vilões do lado-b, alguns do lado a, e se passando cronologicamente quando praticamente todos os aliados do Batman eram muito jovens para fazer a diferença no mundo (exceto pela Catwoman).

Gotham

Então porque os aliados não recebem o tratamento dos vilões? É porque nós não gostamos da bat-família? O Batman trabalha sozinho, e queremos vê-lo assim? Talvez. Talvez gostemos sim de ver o Batman ser um fodão, e todo mundo parece mais fodão quando trabalha sozinho.

DeathoftheFamily
O Joker com certeza acha que é isso, por isso na história Death of the Family, ele faz um plano elaborado para fazer o Batman perder todos seus aliados e se tornar um rival mais interessante.

Ou talvez não seja isso não. Afinal não temos nenhum filme solo do Batman no futuro próximo. Só o Batman v. Superman, onde aparecerão Wonder Woman, Aquaman, Flash e Cyborg no time, e depois disso ele aparecerá em dois filmes da Justice League. Então não é como se todas as aparições cinematográficas dele não fossem se focar nele trabalhando em equipe?

DCTinity
No próximo filme ele definitivamente não vai trabalhar sozinho.

Então o que aconteceu? Existe alguma chance de Dick Grayson e Barbara Gordon fazerem algum cameo nesses filmes que vêm aí da DC? Eu tenho uma teoria para explicar por que eu acho difícil ver a bat família ser bem explorada nos cinemas. De porque a prima do Superman tem uma série e os aliados do Batman não têm. E essa teoria é a seguinte.

Os grandes exemplos de bat-família e dos maiores aliados do Batman no universo live-action são isso.

BatfamiliaAdamWest2

E isso.

BatFamiliaSchumacher2

Oito filmes. Cinco são levados a sério (mesmo se sua opinião pessoal for de que o filme não é bom, ele ainda é levado a sério) e três que fingimos que nunca existiram e evitamos falar deles em voz alta nas mesas de conversa. Os três filmes menos respeitados na franquia são justamente os que inserem os ajudantes do Batman.

Robin
Mais especificamente o Robin, só o Robin está nos três.

Mas é por causa do Robin e da Batgirl que Batman & Robin é um lixo? Não. Definitivamente não, o filme é ruim, pois ninguém gostou da infantilização, do humor, do visual que mais parece uma balada gay e da perda da atmosfera sombria, e isso não tem nada a ver com o fato do Joel Schumacher ter resolvido colocar os parceiros do Bruce Wayne na jogada. Mas isso não muda o fato de que só ele fez isso.

E não muda o fato de que existe uma pressão para nunca mais cometer o erro que foi Batman & Robin. Quando perguntaram para o George Clonney o que ele achava do Ben Affleck ter sido escalado como Batman, George respondeu que não tinha moral para opinar, pois ele arruinou o personagem. E Joel Schumacher, o diretor, já pediu oficialmente desculpas por ter feito o filme.

Nós demos a Batman & Robin o tratamento de abominação, e por consequência disso, tudo o que o filme tinha de diferencial virou uma abominação junto. O que inclui o Batman usando um cartão de crédito. O estilo visual zoado. Os mamilos nos uniformes e os parceiros do Batman.

Bane
Quando o personagem Bane foi adaptado para o filme The Dark Knight Rises é notável como fizeram o personagem não ter nada em comum com sua contraparte em Batman & Robin, isso inclui não ser um burro sem capacidade de falar, o que é bom. Mas também inclui não ter sua icônica máscara de luchador nem uma conexão com a toxina Venom como fonte de sua força.

Sabem o que é irônico? Que até hoje Batman Triunphant, o suposto terceiro filme que o Schumacher faria se o filme não tivesse sido a abominação que foi, ainda sustenta um legado firme em hollywood. O Nolan assumidamente usou partes do roteiro do Schumacher para escrever Batman Begins, inclusive vindo daí a decisão de usar o Scarecrow como vilão do filme. E a participação do espantalho no jogo Arkham Knight, também é inspirada no roteiro de Batman Triunphant.

Triunphant
O pior filme a jamais ter sido feito.

Mas exceto por alguns detalhes envolvendo o status do Scarecrow no roteiro de um filme que nunca foi feito, pois o diretor é considerado o maior inimigo dos filmes heróis da história, é isso, queremos distância dos filmes do Schumacher, e fingir que eles nunca existiram.

Pessoalmente eu acho isso algo bem ruim, já que a inserção dos ajudantes do Batman tem muito, mas muito a acrescentar ao herói e poderia render excelentes filmes.

Não só porque eles são pessoas que convivem diariamente com o Batman, e que lidam com uma das partes mais difíceis de sua personalidade, como sua falta de confiança, excesso de segredos e máscaras que ele usa até com as pessoas mais próximas (e isso só se nota quando tem realmente uma pessoa próxima que não seja o Alfred para ver isso), como eles também oferecem construção de personagem para o Batman servindo de contraste para o modo como Batman lida com seus problemas.

Sidekicks
Batman tendo problemas de confiança com seus parceiros. O que não é incomum.

Dick Grayson e Tim Drake, primeiro e terceiro Robin, respectivamente, servem como um grande contraste para a maneira fechada, anti-social e paranóica com a qual Batman interage com os demais heróis no mundo, sendo pessoas com as técnicas do Batman, mas com muito mais jeito de lidar com as pessoas, e por isso muito mais competentes em não tornar os grupos dos quais participam em um ambiente de desconfiança e tensão, o que o Batman consegue fazer muito bem.

BatmanBatwoman
No filme Bad Blood, Batman e Batwoman não se aceitavam no mesmo círculo por não confiarem um no outro, mas quando Dick Grayson assume o manto do Batman ele consegue estabelecer uma relação com ela e eles se tornam aliados.

Já Jason Todd e Damian Wayne, segundo e quarto Robin, respectivamente, servem como um contraste com a ética do Batman, sendo pessoas muito mais pragmáticas e violentas em sua luta contra o crime e que frequentemente questionam o sagrado código do Batman de jamais matar.

JasonToddBatman
“Você acha que isso é sobre você ter me deixado morrer? Não sei o que te deixa mais cego, sua culpa ou seu falso senso de moral. Bruce, eu te perdoo por não ter me salvado, de verdade, mas por que, por que no mundo, o Joker ainda está vivo? Mesmo ignorando tudo o que ele fez no passado, cegamente passando por cima de todos os cemitérios que ele ajudou a ocupar, os milhares que sofreram, os amigos que ele aleijou, eu achei, eu achei que eu seria a ultima pessoa que você permitiria que ele ferisse.

Mas principalmente, a grande contribuição que os Robins e todos os outros membros da bat-família fazem ao universo do Batman é reforçar de verdade toda a ideia de como o Batman inspirou os habitantes de Gotham City a fazerem o mesmo que ele, como o morcego virou um animal símbolo de esperança e de uma oposição real contra a vilania. Se tornou mais do que a ação de um único homem, se tornou a resposta de um grupo, que representam a cidade em si.

Bat-Family
Isso é Gotham City.

A própria Batwoman, mesmo não sendo oficialmente afiliada ao Batman ou sendo uma parceira dele, escolheu a o nome Batwoman em uma visível homenagem ao primeiro vigilante de Gotham.

E é isso que o Batman faz, ele é mais do que um homem que vestiu uma roupa de morcego para ir surrar o Joker. Ele é um símbolo de que qualquer um pode vestir uma roupa de morcego e surrar o Joker, e de que Gotham não tem que ficar submissa a galeria de vilões que assombra a cidade inteira.

E acho que já passou da hora desse lado do Batman ser trabalhado nos filmes também, levar o herói para o próximo nível.

Claro que tem alguns filmes que na teoria tentam passar esse lado do herói junto nos discursos.

Brian
-Por que está vestido que nem ele? || -Ele é um símbolo, que diz que não precisamos ter medo de gente feito você.

Mas na prática, só pode existir um único herói em Gotham.

Brian2
O que te dá esse direito? Qual a diferença entre eu e você?
HockeyPants
Eu não uso calças de hockey.

Claro que mesmo com os trailers já tendo revelado 90% do filme, ainda é possível que os Robins façam uma aparição no Batman v. Superman, inclusive eu gostaria muito que fizessem, e tem teorias especulando a respeito. Mas eu não estou tão esperançoso.

2 thoughts on “O que está faltando nos filmes do Batman?

  1. “e em Arkham City existe muito pouco da bat-família, sendo resumida basicamente na Barbara Gordon atuando como a Oracle. Na sequência Arkham City, é possível controlar Robin e Nightwing fora da história do jogo”.

    Você quis dizer Arkham Asylum e não City.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s