Rick and Morty – Qual a relação entre os Ricks da Cidadela e a Beth?

Enfim!! Finalmente! Estou esperando a muito tempo por esse dia, o dia em que eu poderei fazer um texto sobre Rick and Morty. Eu acredito que Rick and Morty é uma das melhores séries animadas da atualidade, um grande avanço para o [Adult Swim], para a animação adulta em geral e pra carreira do Dan Harmon, porque, vamos combinar, Community já estava se tornando uma sombra feia de suas ótimas três primeiras temporadas.

Community
Ah Community… que bom que pararam de ficar tentando salvar essa série que começou tão bem.

Enfim. Rick and Morty, é um tema que é muito pedido nos comentários. O mais recente me pediu inclusive pra falar sobre o niilismo da série. Bem… eu não vou. Se eu fosse comparar com uma corrente filosófica, eu me sentiria na necessidade de ler mais a respeito de niilismo e tal, não me sinto qualificado pra fazer essa abordagem. Mas então quero já deixar aqui no começo do texto um link para um vídeo que faz a abordagem filosófica de Rick and Morty. Aliás, o Wisecrack é um dos melhores canais de análise de obras de ficção do youtube atual, excelente, recomendo os vídeos a todos os leitores.

Mas enfim, se eu não vou falar de como Rick and Morty dialoga com o niilismo, então eu vou falar do que? Vou falar da Cidadela de Ricks, e sobre qual é a diferença entre o protagonista da série, Rick C-137, que pra facilitar o texto vou chamar de Nosso Rick, para os milhares de Ricks que habitam a Cidadela de Ricks.

Citadel

Sim, sim, então vamos lá para uma breve recatulação. A cidadela aparece pela primeira vez no episódio 10 da primeira temporada, ou seja, no décimo episódio da série inteira, Close Rick-Counters of the Rick Kind. É o penúltimo episódio da temporada, e é também o terceiro episódio a nos apresentar a noção de que existem infinitas versões em infinitas realidades de todos os personagens da série e de todas as pessoas da série.

A primeira vez foi em Rick Potion #9, onde após cagar a dimensão em que vivia o Nosso Rick encontra uma dimensão semi-idêntica a dele antes de cagarem tudo, e mata o Rick e o Morty de lá, tomando seus lugares. Foi um grande twist no final, em que eles não solucionam o problema, só acham outra dimensão pra viver. Implicações tensas como tudo o que rola na série quando se para pra pensar. Levantou dúvidas em muitos fãs sobre se “O Rick pode fazer de novo?”, mas gerou dúvidas em mim também de se “O Rick já fez antes?”, e se o Nosso Morty é o Morty original do Nosso Rick.

RickPotion9

Inclusive segundo o episódio Morty Mind Blowers, é bem provável que o Rick tenha feito isso de novo offscreen, e eles já vivam em uma terceira dimensão, a maneira como a série coloca alguns detalhes relevantíssimos fora dos episódios nos omitindo eles é uma coisa que eu acho fascinante na série, ainda vou escrever sobre isso um dia também.

Enfim, e com isso Rick nos revela de que existem infinitos Ricks e infinitos Mortys. A noção é reforçada em Rixty Minutes, onde os personagens assistem a televisão de outras dimensões e realidades, e Jerry e Beth vêm a vida de uma Beth e um Jerry alternativos que jamais tiveram filhos e portanto tiveram carreiras bem-sucedidas. E enfim, tivemos Close Rick-Counters of the Rick Kind, onde é revelado que existe uma Cidadela formada por vários (e tipo, milhares mesmo) de Ricks que fazem uma sociedade de Ricks e Mortys que lutam contra a Federação Galática, organização espacial inimiga do Rick.

InfiniteRicks

Pois bem. A Cidadela aparece novamente o impactante episódio que abre a terceira temporada Rickshank Redemption, e novamente em Ricktlantis Mixup, e nessas aparições eu começo a ficar intrigado. Porque são milhares de Ricks ali, controlando uma sociedade só de Rick e Mortys. Pois bem, quando a gente abraça o conceito de infinitude, e sabemos que existem infinitos Ricks, então milhares de Ricks são a minoria deles. Alias podiam ser milhões que seria a minoria em relação aos infinitos Ricks que teriam fora da Cidadela. Então eu me perguntei: mas quem são esses Ricks, e porque eles são os Ricks que importam e afetam a vida de Ricks, mesmo os que vivem fora da Cidadela.

CenterofControl

Tipo, qual perfil de Rick entra pra Cidadela. O Nosso Rick obviamente não entrou na Cidadela, pois afirma que a Cidadela é um conceito anti-Rick e que o Nosso Rick é o Rick mais Rick de todos os Ricks, e esse conceito nos ajuda a entender o que é o Rick.

A primeira vista é tudo simples. A Cidadela é um governo. O Nosso Rick é anti-governo, e segundo ele, todos os Ricks são anti-governo, por isso eles criaram a Cidadela pra se esconder do governo e viraram um governo. E é por isso que o Nosso Rick é o mais Rick. Mas eu acho mais complexo que isso.

RickJudgement
Nosso Rick sendo julgado pelo Conselho de Ricks que comanda a Cidadela de Ricks por crimes contra os Ricks.

Pois pensem bem, somente 15 Ricks em toda a Cidadela ocupavam cargos que podiam ser chamados de “O Governo”. O Conselho de Ricks, formado por 6 Ricks. E o Conselho das Sombras, que secretamente controlava o Conselho de Ricks e que era formado por 9 Ricks. E os outros milhares de Ricks e Mortys não eram exatamente um governo, mas Ricks que resolveram viver sob o governo da Cidadela.

ShadowCouncilofRicks
Os ricos da Cidadela que controlavam o Conselho de Ricks, antes de Evil Morty tomar o poder.

E viver vidas banais, de trabalhador explorado. Por que diabos milhares de Ricks se sujeitariam a isso? Pois é. Quem são esses milhares de Ricks? Por que eles escolheram deixar de morar em suas dimensões, para viver em um governo que faz eles realizarem trabalhos que estão abaixo do trabalho de um Rick?

Proletariat

Pois eu não acho que isso é necessário pra Cidadela funcionar. Conhecendo o Rick, era bem mais provável eles terem infinitos Jerrys pra escravizar e fazer o trabalho que sustenta a Cidadela. Ou mesmo criarem robôs. O trabalho braçal de Ricks não é fundamental pra fazer a Cidadela funcionar, não quando tem Ricks no controle de tudo, então uma conclusão alternativa, pode ser que esse tipo de trabalho possa ser fundamental pra Ricks acharem um novo propósito, acreditando que fazem a Cidadela funcionar.

PlumberRick
Muito embora esteja muito claro que a longo prazo os Ricks que adquiriram trabalho pesado, se frustram com sua posição. Como o Rick Encanador que deixa claro que não veio pra Cidadela pra ser encanador. Mas então ele veio pra que?

Isso me faz pensar, e a única conclusão que eu chego é que esses Ricks estão por algum motivo separados de suas Beths, e essa é minha teoria. Esse é um texto de teoria e essa é a minha: Quando um Rick, perde a sua Beth, ele acaba indo achar refúgio/propósito/uma nova vida na Cidadela.

BethSanchezSmith

Não sei quantos fãs concordam comigo nessa, mas eu acho que a natureza da relação entre Rick e Beth um dos maiores mistérios de Rick and Morty, e é onde vem as perguntas que eu mais quero respostas. Imagino que a maioria dos fãs estejam curiosos quanto ao passado de rebelde de Rick ao lado de Birdperson e Squantchy, mas pra mim as perguntas reais são: “O que houve com a mãe de Beth?” “Por que Rick resolveu morar com Beth só depois que Morty já tinha uns 12 anos?” “Por que Rick abandonou Beth?” “Se Rick havia saído da vida de Beth, como ele viu Morty nascer?” “Rick vê sua conexão com Morty e Summer como defeitos em si mesmo, e passa muito tempo tentando convencer os outros e a si mesmo de que ele não ama seus netos. Ele se sente assim pela Beth também? Ou ele admite pra si mesmo que ama a filha?”

BethandRick

Pois é. Pra mim essas perguntas sobre a relação entre Rick e sua filha é fundamental para entendermos o Rick, e suas prioridades, e com o que ele genuinamente se importa. E a chave pra entendermos isso pode estar na Cidadela.

Vamos lá:

Rick Sanchez em algum momento foi casado com uma esposa e teve uma filha. Rick hoje acredita que casamentos não funcionam, e amor não existe, e já admitiu que suas decepções quanto ao próprio casamento o impedem de ver coisas boas no casamento dos outros. Então mesmo não sabendo se a esposa dele está viva ou morta, sabemos, com certeza, de que as coisas não deram certo entre ela e Rick. Porém eles tiveram essa filha, Beth.
Rick foi ausente da vida de Beth na maior parte de seu tempo, abandonando ela e sua mãe sem dar notícias ou sinal de vida, gerando um grande trauma por abandono. Porém ele retornou pra vida dela um dia do nada, e Beth aceitou ele de volta em sua vida, fazendo mil concessões, como deixá-lo corromper seus filhos e fazer um laboratório na garagem, só pra garantir que ele nunca vá deixá-la novamente.

BethChorando
“Então pelo resto de nossas vidas, não importa o quanto nos machucar, e não importa o quanto arruíne o futuro de nossos filhos, nós vamos fazer o que o Rick quer quando ele quer? Por que?” “Porque eu não quero que ele vá embora de novo.”

Desde então Rick mora com Beth, seu marido, que Rick odeia, Jerry, e os seus netos, Summer e Morty, e desde então ele e Morty tem saído em aventuras bizarras e perigosas e traumatizantes, as vezes com Summer junto e as vezes sem.

Enfim. A maioria dos Ricks da Cidadela possuem um Morty, o que significa, que esses Ricks todos tiveram a Beth como filha, e que todas essas Beths engravidaram na adolescência do Jerry. Então por exemplo, o Rick da dimensão que foi assistida em Rixty Minutes, onde Jerry era um ator de sucesso. Vou chamar esse Rick de Tv Rick. Enfim, o Tv Rick, não tem um Morty na própria dimensão, e se ele fizer parte da comunidade da Cidadela, ele provavelmente pegaria um Morty que perdeu seu Rick. Que nem o Doofus Rick fez… mas onde eu quero chegar é. A grande maioria desses Ricks tiveram filhas chamadas Beth. Mas diferente do Nosso Rick, eles não moram com ela, eles moram na Cidadela.

Por que eles não moram com a Beth? Ou melhor, se eles são milhares e o Nosso Rick é só um, então por que o Nosso Rick mora com a Beth? Ele não podia só sequestrar o Nosso Morty e não dar satisfação e foda-se? Qual a importância de morar com a Beth?

Meeseeks

Aparentemente é bem importante. Afinal em Rickshank Redemption, Rick deixa muito claro que o único motivo pelo qual ele se deu ao trabalho de resgatar Summer e Morty da morte certa, é porque Beth não deixaria ele morar lá se ele não trouxesse os netos junto. E é isso, ele sempre faz questão de retratar o quanto ele não ama Morty e Summer, mas com Beth ele nunca é escroto e sempre fala dela de maneira protetora.

BethJerry
“Ela era a filha do Rick! Ela tinha opções, e tudo isso acabou porque ela teve pena de você. Você age feito presa, mas é um predador.”

Se Rick tem algum impedimento ou vergonha de admitir ou mesmo de ter sentimentos pelos seus netos, ele obviamente não tem isso pela filha.

ToxicRick
Rick deixou muito claro que ele vê seu amor por Morty como uma característica prejudicial para si mesmo em Rest and Ricklaxation.  Que ele perdeu ao se desintoxicar e criar o Rick Tóxico.
RickToxicRickBeth
Porém mesmo assim, ambos os Ricks param completamente de lutar, uma luta que estava destruindo a casa e machucando o Morty, quando eles vêem a Beth. Independente de um ter só as qualidades que Rick vê em si mesmo, e o outro, os defeitos que Rick vê em si mesmo, ambos queriam poupar Beth de qualquer dano colateral na briga, ambos amam Beth.

E os Ricks da Cidadela? Bom, eles também gostam da Beth, e também odeiam o Jerry. Mas eles moram na Cidadela? Por que? Por que não moram com a Beth se eles são Ricks e querem a companhia constante de um Morty?

BethRicks
Um dos Ricks da Cidadela até menciona ter uma Beth igual em sua realidade, porém menos brilhante e bonita. A pergunta é, então porque esse Rick não vive com essa Beth?

A explicação na qual acredito: a Beth deles expulsou eles de casa. Ou morreu. Ou está viva, mas eles perderam sua conexão com Beth, restando a eles se conectarem somente com outros Ricks.

É notável ver como a vida na Cidadela é radicalmente diferente do estilo de vida que o Nosso Rick prega. O exemplo mais claro que eu consigo pensar, é que o Rick é uma criatura extremamente sexual, ele não só deixa bem claro o quanto ele ama sexo com um número imenso de fetiches e desejos, como não é incomum ele perder o foco de sua aventura por conta de orgias.

ricksanchez

Mas com a Cidadela tendo uma população formada somente por Ricks e Mortys, passa-se a impressão de que é uma sociedade casta. Digo, infinitas possibilidades, não ponho a mão no fogo que não exista o Rick-Todo-Errado ali, mas sou levado pra acreditar que a maioria dos Ricks que vivem lá não se envolvem em orgias com outros Ricks e Mortys, e nem em relacionamentos sérios com outros Ricks e Mortys.

Ricktlantis
Inclusive não acho que seja coincidência que enquanto os Ricks da Cidadela sofreram uma grande mudança no Status Quo, nos vejamos o Nosso Rick voltando de uma aventura que não vimos e que ele julgou muito melhor do que qualquer coisa na Cidadela. Comemorando que ele e o Morty transaram muito durante a aventura.

São Ricks sem relacionamento, sem sexualidade, e eu não duvido que isso esteja ligado a sua completa falta de família. Não acredito que sexo exista só pra procriar, longe disso, e acho que Rick também não. Mas a ausência desses três elementos na vida de uma pessoa simultaneamente me fazem pensar em ausência de laços e conexões. Eles culturalmente desprezam família. Eles tiram vantagem do Simple Rick por ter em Beth sua memória mais feliz e ter se dedicado a família em vez de ciência. Pois bem, Simple Rick é escravizado pra produzir memória feliz e temperar bolinhos com ela. Em Rickshank Redemption, um dos Ricks do conselho descreve o amor de Rick por Summer como se fosse um defeito que marca ele como um rebelde das normas da Cidadela.

Standoff
“Você é um Rick rebelde, irracional e apaixonado. Você ama seus netos e veio salvá-los.”

Mas mesmo assim esses caras ficam todos felizes só de estarem na companhia de uma Beth.

Tem esse Rick da Cidadela, o Doofus Rick. Que mesmo sendo um cientista inteligente, capaz de produzir brownies instantaneamente só misturando uns químicos, é um Rick que nunca teve filhos em sua própria dimensão. E é tratado como o pior Rick do mundo, e vítima de boatos maldosos como o de que em sua dimensão ele come merda. Enfim a única diferença real do Doofus Rick pros outros Ricks é que ele nunca teve uma Beth, e que ele tem facilidade em se conectar com pessoas e em ter empatia, talvez justamente por não ter o trauma de um casamento que deu errado. E essas características são o suficiente pra ele ser considerado um Rick lixo.

DoofusRick

A prova de que empatia não pode ser sua única desconexão com outros Ricks, é o fato de que pelo menos dois Rick Policiais, eram pessoas extremamente empáticas e carinhosas com Mortys, e um deles é o único personagem decente a terminar Ricktlantis Mixup vivo. Então ser sensível, carinhoso e empático não marca um Rick como lixo. E Doofus Rick não era burro. Logo, sou levado a crer que a diferença central entre Doofus Rick e todos os outros Ricks era ele não ter tido filha.

CopRick

Aliás, notem que o Nosso Rick, e ao menos 10 Ricks que são amigos do Nosso Rick (ou seja, não são da Cidadela), desprezam o Doofus Rick igualmente. O que faz sentido, já que eles também tem Beths. Daqui a pouco eu vou chegar nesses 10 Ricks, não esqueçam deles.

Os Ricks da Cidadela desprezam os Ricks que não tiveram uma Beth e desprezam os que se mantém próximos dela e da família. Onde isso coloca eles? O Nosso Rick despreza os Ricks que não tem uma Beth, é de boa com os que tem problemas com Jerry, mas despreza os da Cidadela.

Minha teoria é essa. Quando eles perderam a conexão com a Beth, por morte ou briga, ou ambos, já que infinitas possibilidades e tal. Eles perderam seu desejo por qualquer conexão possível.

Mortys
Inclusive o único exemplo de amizade que aparece na Cidadela em toda a série é entre esses quatro Mortys. A única trama só de Mortys é a única trama de amizade.

Mesmo conexão consigo mesmo. Durante todo o Ricktlantis Mixup, acompanhamos a história de vários Ricks na Cidadela, e nenhum deles possuía um amigo Rick. Eles no máximo possuiam colegas-Rick. Mas nenhum Rick ali parecia possuir amizade.

WorkerRick

E não só isso, sua desconexão com eles próprios é tão grande, que aparentemente na Cidadela, a individualidade é um dos valores que mais são pregados. Eles tem estilos visuais drasticamente diferente dos do Nosso Rick. Provavelmente pra se distinguir de outros Ricks, mas com essa distinção, eles também se afastam da essência do que é ser Rick.

Council

E também como um símbolo de autoridade. Ricks importantes possuem estilos visuais muito diferentes enquanto Ricks trabalhadores são todos iguais ao Nosso Rick, mas com roupas de trabalhador.

Enfim. A Cidadela não é o único ponto de encontro onde Ricks de diversas dimensões interagem e socializam entre si. Outro ponto sem relação nenhuma com a Cidadela é a Jerryboree, uma creche onde os Ricks podem deixar seus Jerrys pra eles não atrapalharem suas aventuras. Obviamente somente Ricks que moram com seus Jerrys precisam desse serviço e Ricks que moram na Cidadela não precisam desse serviço. Pois bem, Rick aparentemente não está brigado com nenhum desses outros Ricks, e estão todos em bons termos. Lembram que eu falei que o Nosso Rick era amigo de pelo menos 10 Ricks. Muito provavelmente são esses Ricks que frequentam a Jerryboree. Ou seja, Ricks que tem Jerrys, e prum Rick ter um Jerry em sua vida, ele certamente tem uma Beth em sua vida.

JerryDayCare

E olhem esses Ricks, que deixam Jerry na creche. Eles não tem essa mania por se individualizar de outros Ricks, pois eles não vivem num mundo de Ricks, eles são os Ricks de seu próprio mundo.

E é esse o perfil de um Rick que tem uma Beth. Ele é o Rick de seu mundo.

O Noso Rick odeia Jerry porque ele estragou a vida da Beth. E ele odeia os Ricks da Cidadela, pois eles conseguiram perder sua conexão com Beth. A única conexão que Rick não está disposto a perder. A única vez que vimos Rick de fato lutar muito pela sua família, ele revela que seu real objetivo era voltar a morar com Beth e não salvar os netos.

RickandMortyNineSeasons
“Sua mãe não ia me aceitar se eu voltasse sozinho, e agora você sabe o verdadeiro motivo pelo qual eu resgatei vocês dois.”

O que nos leva por último ao que é um dos meus episódios favoritos de Rick and Morty, o fenomenal episódio Pickle Rick, que também é um dos que melhor explora a relação entre Rick e Beth. Mais especificamente, como o sucesso da relação boa que Rick tem com Beth, em contraste com a que eu estou teorizando que os Ricks da Cidadela não tem, depende muito do fato de Beth fingir que não vê, e forçar uma aceitação de todas as mancadas de Rick só pra manter a relação.

DrWong
“Eu acho que você e seu pai possuem uma dinâmica muito particular. Eu não acho que seja uma que recompense emoções e vulnerabilidade. Eu acho que seja uma que as puna. Eu acho possível que essa dinâmica tenha afetado seu casamento e esteja influenciando seus filhos com a tendência deles de direcionar seus sentimentos em direções erradas.”

Rick trata Beth melhor do que ele trata Morty, Summer e literalmente todos os seres vivos no mundo. Mas ainda sim não trata ela bem o suficiente para que eles estarem em bons termos não seja um sinal do quanto a vida de Beth está errada. O que me faz pensar em como deve ser fácil para um Rick perder a sua Beth.

Em The Rickshank Redemption, Jerry faz um ultimato, para Beth escolher ou o casamento ou o Rick, e ela escolhe o Rick. Mas olhando para as infinitas Beths, quantas delas teriam escolhido o Rick também. O quão no limite de fazer a Beth quebrar com a negação do quão tóxica é sua relação com seu pai, Rick está? E quando acontecer, caso aconteça? Como ele lidará?

Provavelmente procurará outra Beth. Ele nunca vai se submeter a outro estilo de vida. Ou vai? São muitas dúvidas. Que eu tenho expectativas que a série siga respondendo e trabalhando. Um dos melhores desenhos animados que estão em exibição no momento.

 

15 thoughts on “Rick and Morty – Qual a relação entre os Ricks da Cidadela e a Beth?

  1. Mais um ótimo texto que apenas você poderia ter feito. Falando nisso, você já arranjou algum assunto referente a SVTFOE? Achei que o próximo texto fosse ser sobre Battle of Mewni, a criação do Toffee e como ele matou a mãe da Moon. Mas é claro que não gostaria de te pressionar, suas matérias já tem ótimo conteúdo e não quero desfazer isso.

    Liked by 1 person

    1. Não querendo começar uma longa discussão aqui, numa matéria sobre Rick and Morty, mas eu achei os últimos episódios de julho (no formato de filme) fracos.
      SPOILERS Exceto pelo aparecimento de Eclipsa e o background de Moon nada foi realmente interessante. Além disso, o conflito entre Star e Toffee foi apressado, curto e mal desenvolvido. Ele era O Vilão, tinha destruído toda a magia (como ele o faz tbm não foi bem explicado) mas bastou a Star ir para algum lugar que não sabemos onde, encontrar não sabemos o porquê Glossaryck, recuperar a magia e então surgir naquela forma, realizando um feitiço que não é explicado como é capaz de destruir algo que é imortal. Um Deus Ex Machina para resolver tudo. Sem falar que o romannce entre Marco e Star não é mencionado uma única vez.

      Liked by 1 person

      1. Eu também senti que faltava algo mais sobre o filme, realmente não desenvolveram bem a parte do Toffee, ele tinha muitas teorias sobre suas origens e nenhuma delas foi aproveitada. Acho que o ponto alto mesmo (como você mesma citou) foi quando mostraram o pacto entre Eclipsa e Moon, mostrando que ela futuramente poderá aparecer e se tornará a vilã principal da trama.

        Gostar

  2. Existe uma teoria de que o Evil Morty seja na verdade o Morty original do Nosso Rick. Então, quando o Nosso Rick “voltou” pra Beth C-137 na verdade ele apenas tomou o lugar do Rick original desta realidade (que tinha abandonado a Beth).

    Liked by 1 person

    1. Essa é uma boa teoria. E fica melhor ainda, pois significaria que quando o Rick chorou ao ver em sua memória o nascimento do Morty, aquele seria o Evil Morty, e a cena é justamente no episódio em que ele é introduzido.

      Gostar

      1. Essa cena do Nosso Rick vendo o bebê Morty é o que mais reforça a teoria, já que o Nosso Rick não estava presente no nascimento do Nosso Morty. Ele só voltou depois que o Morty já tinha mais de 10 anos.

        Liked by 1 person

  3. Faz uma análise sobre o especial de uma hora de Dragon Ball Super, não só o especial como também o torneio e diga se melhorou ou não comparado aos primeiros eps.

    Gostar

  4. Incluiu esse monte de perguntas de bosta, sendo que todas o fazem. Não somos nós que vamos responder. Perda de tempo, deveria incluir mais afirmações ou algo que tenha notado e menos perguntas óbvias.

    Gostar

  5. Cara, muito boa a sua teoria. E faz muito sentido. Você já chegou a traduzir para inglês, talvez postar no Reddit depois? Acho que o pessoal do r/rickandmorty ia curtir e até complementar a sua teoria.

    Se você autorizar, eu posso traduzir.

    Liked by 1 person

  6. Olá,gostaria apenas de expressar meu ponto de vista.
    Não acho que a Beth tenha tanta importância para o Rick c-137 quanto o morty que o acompanha pelo simples fato que o Rick abandona a Beth,junto com Jerry e Summer em um mundo apocalíptico no final da 1° temporada,salvando apenas o morty e vivendo como se nada tivesse acontecido é outra dimensão. Minha teoria é que a única conexão que o Rick realmente tenha é com o Morty,visto todas as coisas que já fez por ele(até mesmo matou o Sr. Jujuba,que havia tentado estuprar o Morty no Episódio 4,por puro odio) algo que ele não faria se realmente não se importasse.

    Liked by 1 person

    1. Muito justo, e é uma boa hipótese. Mas não sabemos se o Morty que anda com ele é o original, ou se ele não abandonou seu Morty e o substituiu depois. Sabemos que ele tem memórias do nascimento do Morty, mas não conheceu o Morty que anda com ele quando até pouco menos de um ano antes da série começar.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s